Páginas

Resenha: After - Anna Todd

Ficha Técnica
Autora: Anna Todd
Páginas: 524
Editora: Paralela
Ano: 2014







Sinopse: Tessa, de 18 anos, sai de casa, onde mora com a mãe, para ir para a faculdade. Até então sua vida se resumia a estudar e ir ao cinema com o namorado doce que conheceu ainda criança. No primeiro dia na faculdade, onde ela passa a dividir um quarto com uma amiga que adora festas, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, tatuado e com piercings que implica com seu jeito de garota certinha. Logo, no entanto, os dois se envolvem e Tessa, que era virgem, vê sua sexualidade aflorar. Tessa logo descobre que Hardin possui um passado cheio de fantasmas e os dois começam um relacionamento intenso e turbulento. Depois dele, ela nunca mais será a mesma.

Antes de começar a resenha, não posso deixar de comentar todo o mi-mi-mi que ouvir sobre o livro. Tudo porque trata-se de uma Fanfic do One Direction, fez tanto sucesso que virou livro e cá aqui entra nós foram UM BILHÃO de leituras nas plataformas digitais. Gente... UM BILHÃO é muita coisa! Já confirmaram que a série vai ser adaptada para o cinema. Sou curiosa demais e de cara foi isso que me chamou tanta atenção, depois veio a capa do livro, achei linda! Em seguida a sinopse e quando vi que tava em promoção na livraria, como toda Bookaholic corri para comprar. Só depois que cheguei em casa fui pesquisar mais e quase cair pra trás, pra quê tanta polêmica? Quase me deixei abalar pelo falatório, do tipo: "Não leia!". "É Livro pra menina de 15 anos", "Vai perder o seu tempo", "Li só por causa do OneDirection", "É Clichê demais". Gente... O que seria dos livros de romance se todo mundo parar de ler, porque é Clichê demais? O Nicholas Sparks estaria morando debaixo da ponte, né? Só pode. Li na mesma noite, abandonando uma leitura anterior, a curiosidade estava me matando... e não me arrependi. Claro que teve alguns pontos, em breve vou destacá-los mais foi uma boa leitura. Gosto de tirar minhas próprias conclusões, não preciso gostar do OneDirection para gostar do livro, mais vamos logo para resenha. :)

Tessa ou Tess, para os íntimos, ela odeia o seu nome Theresa. É uma garota simples, estudiosa e super organizada, a vida dela é fazer listas de organização. Ela ama seu namorado Noah, mais está de mudança para a Faculdade. Ele só vai no próximo ano, mais desde já está tudo combinado, para se encontrar quando a hora dele chegar. A distância não é fácil, mais Tess como é organizada já tinha planejado as idas e vindas dos dois para poder se encontrar, assim que possível.  mãe de Tess é super controladora. Parece um Pai Militar só que de saia. Foi ela quem decidiu para qual faculdade a filha deveria ir, já que ela mesma não pode frequentar a faculdade. O primeiro dia na faculdade já começa um desastre, sua colega de quarto Steph é cheia de tatuagens e micro roupas, a Mãe de Tessa começa a brigar com a filha para que imediatamente ela mude de quarto, mais Tessa acaba contornando a situação naquele momento, dois garotos com piercings e tatuagens também aparece no momento, um deles é até bem bonito e chama a atenção dela. Depois dos sermões de sua mãe controladora e se despedir do seu namorado, ela resolve ir a uma festa com Steph, Hardin e Nate, os amigos tatuados, e conhece o resto da turma. A festa era como toda festa de fraternidade,bebida, jogos de verdade e desafio e muita pegação. 

"Hardin me faz rir e chorar, gritar e surtar, mas acima de tudo faz com que eu me sinta viva."

Tessa morava só com a mãe depois de seu pai ir embora de casa, a garota só usa roupas largas, saias e vestidos compridos e nada de maquiagem, quer focar em seu futuro e virar uma grande Editora e quem sabe publicar um livro. Mais desde que colocou os olhos em Hardin, seu total oposto seu mundo certinho virou de pernas para o ar. Ele é mal humorado, bonito e tal, vive pegando no pé dela por causa das roupas caretas e todas as suas listas. Ele parece um enigma, bipolar, hora a trata bem, hora trata mal sem motivos, Tessa cada vez mais se sente atraída por ele. De saco cheio do jeito perturbador dele, ela explode e no meio de uma briga ele a toma nos braços, beijando-a com urgência. Dai começa uma historia conturbada, cheia de discussões, muita mesmo. É tudo muito intenso, Tinha momentos que eu não aguentava mais as brigas, na grande maioria por besteiras. Mais a escrita da autora é viciante, foi um dos motivos de ler um livro de 524 páginas tão rápido. 

"Posso conversar com você, por favor?", ele pede de novo, e sei que é melhor dizer que não. Mas desde quando faço o que é melhor para mim quando o assunto é Hardin?"

Hardin desperta o que a de pior em Tessa e ela o que a de melhor nele, me irritei com a protagonista por ser devagar demais. Tinha vontade de gritar com ela, mandar um "ACORDA" ou "MULHER... MELHORE". Hardin não é de namorar e não consegue melhorar a atitude de menino, sair pegando todas, uma em casa festa. Tessa não quer adimitir o quanto está envolvida, vai enrolando a mãe e o namorado. Não tem coragem de terminar o namoro ou muito menos admitir pra si mesma que está apaixonada pelo Hardin. Desde o começo sabemos como ele é, tem sérios problemas com seu pai que se mudou da Inglaterra para Washington, obrigado pela mãe a construir algum elo com o Pai. o relacionamento deles vai de mal a pior, para irritar o pai Hardin mora em uma republica que tem festas todo final de semana. Espera-se da protagonista que ela "conserte" o garoto problema. Mais não é isso que acontece, Tessa tem seus próprios problemas e dilemas para enfrentar, mais aos poucos ela deixa de ser mais racional e passa a ser impulsiva. 

"Isso não pode estar acontecendo. Vejo a novela mexicana em que se transformou minha vida ser encenada diante dos meus olhos."

Os dois acabam aceitando que estão apaixonados e resolvem ficar juntos. Mais Tessa tem que ensinar o tempo todo a ele como é "ter uma namorada" já que ele nunca se importou com isso. Não é uma tarefa fácil, como ensinar com tantas dúvidas e inseguranças? Ela não consegue confiar nele e sempre espera o pior dele e que o conto de fadas acabe e ele destrua seu coração em mil pedaços.

O livro é considerado New adult e Young Adult, vi as pessoas chamarem assim e na capa tem aquele conteúdo adulto. Os dois primeiros livros saíram com uma capa e depois a Editora relançou seguindo a nova identidade visual da saga. ( se você quer sobrecapas para que seus livros anteriores combinem com os novos, é só escrever para redes.sociais@companhiadasletras.com.br colocando no título do e-mail “AFTER – NOVAS CAPAS”.)  É pra maior de 18 anos sim, mais o que choca é a quantidade de garotas de 15 anos dizendo o quanto o romance #HESSA é perfeito. Está longe de ser perfeito... Acho que deveriam olhar com outros olhos. Pois os temas abordados são tensos, não esperava que o final fosse tão arrebatador. Já estava esperando o clichê romântico e não foi. Foi a verdade, a verdade mais pura e perturbadora. Todo o romance é conturbado e todo Bad boy trás uma historia difícil, mais por essa eu não esperava e ainda não sei o que esperar nos próximos livros da série. São 4 no total lançados até o final do ano. 

Arrisquei, sai da minha zona literária de conforto, não é um casal normal, aprendi o quanto nos dias de hoje exitem tanto Bullying e o quanto as pessoas podem ser tão cruéis e capaz de qualquer coisa, mais amor é o que eu desejo, sempre. 

Recomendo e já estou lendo o segundo. Rs.

Cintia Milanez 

40 comentários

  1. Oi, Cintia! Tudo bem? A capa do livro, é de fato, muito linda! Mas não tenho nenhum pingo de vontade de ler After, acredita? Acho que é porque ele não faz muito o meu estilo... Mas adorei a resenha! :D

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles capricharam nas capas de toda a série. :)

      Excluir
  2. Oi, Cintia! Eu queria muito ler o livro pela capa, sem nem saber que era uma leitura erótica. E mesmo sendo uma fanfic com esse tema, eu quero muito ler! E também to ansiosa pro filme!

    Beijão, Guta! ♥
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem é tão erótica assim... Achei pouquissimo erótico, não sei o porquê do "conteúdo erotico" mais enfim. HAHAHAHA

      Excluir
  3. Oiiii Cintia, After definitivamente não é uma história perfeita. Tem muitas cenas que poderiam ser muito bem descartadas, a Tessa é uma personagem até certo ponto, meio irritante. O Hardin, se mostra um belo de um idiota e por ai vai... MAS mesmo com todos os defeitos eu gostei do livro, aquele final, me fez realmente querer saber o que acontece no segundo livro, eu não esperava mesmo. kkkk

    bju
    http://www.ventoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hardin é do jeito que é nós já esperávamos a atitude de bad boy. Mais Tessa deveria ser a "Salvadora" e ela tá bem longe de ser isso. HAHAHAHA

      Excluir
  4. Cintia, você acaba de me deixar oficialmente muito curiosa sobre esta série!
    Já tinha visto este livro algumas vezes nas livrarias mas nunca me chamou a atenção, também não fazia idéia sobre esta polêmica, então ele sempre passava despercebido por mim.
    Já está na minha wishlist ;)
    PS: Finalmente estou seguindo teu blog, já tinha tentado antes e dava erro! hehehe
    beijinhos
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Apesar de todo o hype que esse livro teve confesso que não animei muito. Gostei da resenha!.
    Abraço,
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
  6. Olá lindona! Como você está? Vim visitar o seu cantinho e gostei muito da sua dedicação. Sucesso sempre! Vim convidá-la também para o sorteio de 2 Anos do blog Doce encontro. Vem participar? Ficarei muito feliz! Miiil beijos! ♥

    http://www.doceencontro.com/2015/06/sorteio-especial-de-2-anos.html

    ResponderExcluir
  7. Chega a ser engraçado como as pessoas tem preconceito com fanfics, ao mesmo que outras amam. Fanfics podem se tratar de pessoas já existentes, sim, mas nossa, eu tenho é saudade da época que escrevia e que lia dos outros. Tinha umas tão lindas que, independente do seu par, você acabava se apaixonando. Adorei a sua resenha, esse livro mesmo parece ser um desses casos, embora peque em alguns pontinhos, mas é algo natural também

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Escola Noturna - O Legado", vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca escrevi ou li Fanfics, mais não tenho nenhum preconceito. Li o livro da Babi Dewet e amei. ;)

      Excluir
  8. Estou precisando sair de minha zona de conforto também , pois , sempre é bom tentar ler outros livros diferentes .
    Vou experimentar essa leitura . Quem sabe gosto ?

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Esse tipo de livro realmente não faz meu estilo de leitura, acho a maioria muito clichê e repetitivo, não gosto muito de ler, mas é uma opinião pessoal minha. Gostei da resenha.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Cintia!
    Eu quero ler esse livro mesmo achando que vou odiá-lo. Só ao ler sua resenha já peguei abuso da protagonista. É bem provável que eu irei odiá-la. Por mais estranho que possa parecer, o que despertou meu interesse pela leitura (ao ler sua resenha) foi o Hardin. Meio que já gostei de um cara assim e não foi fácil.
    Mas acredito que a história em si não vá me agradar, mas como é uma leitura rápida, quero arriscar.
    Adorei saber sua opinião.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lê!

      O Hardin é um personagem bastante instigante, misterioso, é o meu preferido, com certeza.

      Beijos

      :)

      Excluir
  11. Oi Cíntia!
    É…um bilhão é muita coisa!
    Para ser sincera, mesmo sem ler, tudo me soa clichê demais (é..Sparks também..rsrs) e já vi muita gente reclamar da narrativa da autora também, então mesmo com os seus elogios, não me animei a ler.
    Que bom que o segundo já está disponível e você pode emendar assim ;)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felicidade seria: Terminar o livro de uma série e ter sempre a continuação disponível. hahahaha

      Excluir
  12. Oi Cintia!
    Eu não conheço muito a banda, mas como gosto de um bom romance, acho que leria After sim!
    Gostei da sua resenha, pelo jeito você curtiu a leitura.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  13. Cintia sua linda! Senta aqui vc, que agora temos que conversar sobre esse livro! Também vi uma cambada de meninas de 15, 16 anos falando dessa série, e achei que era um romance, ele mesmo já tinha me chamado atenção pelas capas,mas não tinha visto nada falando sobre os temas abordados no livro tão profundamente! Espero logo ler mesmo que vou amar!
    Resenha perfeita! Grande Beijo!
    Paula Juliana - Overdose
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/06/resenha-promessa-da-rosa-babi-sette.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Paulinha!

      Quando ler me conta, pra gente tricotar. :)

      Excluir
    2. Pode deixar amada!

      Beijos
      Paula Juliana - Overdose
      http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/07/resenha-eu-te-darei-o-sol-o-amor-e.html

      Excluir
  14. Oi Cintia!
    Não conhecia o livro, mas não fiquei com tanta vontade assim de lê-lo. Apesar de que, parece ser uma leitura rápida, então talvez valha a pena arriscar.

    Beijos,
    Epílogos e Finais

    ResponderExcluir
  15. A capa tá linda, mas não é um livro que me interesse no momento. Enfim... não sei se leria.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  16. Olá.
    Ultimamente vejo muita gente falando e resenhando esse livro, sua resenha me despertou mais curiosidade! auhsuas

    http://blogexplicita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Um bilhão ?
    Nossa, eu nao sei pq nao interessei nesse livro!
    Um bilhão? Mesmo ? kkkkkkkkkk

    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a questão é gosto mesmo... Se fosse um bilhão num livro de Terror eu com certeza não chegaria perto. HAHAHAHAHA

      Excluir
  18. Oi Cintia!
    Eu sou parte desse mundo que não sabia se lia ou não, não por ser uma fanfic de One Direction, mas por não saber se seria um livro apelativo e de qualidade. Mas UM BILHÃO de leitoras deve significar algo né? Vou dar uma chance por amar uma boa história de amor com muito drama. HAHAHA
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. AH, comecei a seguir aqui ;)
    Tudo lindo! Parabéns pelo blog.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Eu fiquei bastante surpresa ao saber que esse livro foi baseado em uma fanfic de One Direction, mas não é o motivo de não ter me interessado pela leitura, mas sim, porque realmente a sinopse não me chamou muito atenção.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi,
    Nossa não imaginava que esse livro era tão legal assim, estava com meus "pre-conceito" que vc. Vou colocar na minha lista de desejados!
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  22. Oi! Tudo bem, guria?

    Ando ouvindo falar cada vez mais dessa série, mas quando o primeiro livro foi lançado, só os deuses literários na causa. Rolou muito mimimi mesmo! Apesar de ser clichê e tudo mais, acho que vale uma chance.

    Um beijo,
    Doce Sabor dos Livros docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Oie, Cintia! Os NA são bons para mostrar que não tem essa de casal perfeito, tem casal que consegue superar os problemas e contornar as dificuldades. Acho as novas capas lindas, mas no momento não estou no clima para NA, mesmo assim vou colocá-lo na lista para quando voltar a ler o gênero. Agora uma dica que eu sempre tento seguir, revisar nossos textos. A resenha está boa, mas com uma revisão ficará melhor, pois notei muitas trocas de "mas" por "mais".
    Beijos e fico no aguardo da resenha dos próximos livros.
    Letras & Versos

    ResponderExcluir

Gostou? Comenta!

 
Desenvolvido por Michelly Melo.