Páginas

Resenha: Colin Fischer - Ashley Edward Miller e Zack Stentz


Autores: Ashley Edward Miller e Zack Stentz
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581634166
Ano: 2014
Páginas: 176
Livro gentilmente cedido em parceira 
com a Editora Novo Conceito.



Sinopse: Resolvendo o crime. Uma expressão facial por vez. O ano letivo de Colin Fischer acabou de começar. Ele tem cartões de memorização com expressões faciais legendadas, um desconcertante conhecimento sobre genética e cinema clássico e um caderno surrado e cheio de orelhas, que usa para registrar suas experiências com a MUITO INTERESSANTE população local. Quando um revólver dispara na cantina, interrompendo a festinha de aniversário de uma das garotas, Colin é o único que pode investigar o caso. Está em suas mãos provar que não foi Wayne Connelly, justamente aquele que mais o atormenta, que trouxe a arma para a escola. Afinal de contas, a arma estava suja de glacê, e Wayne não estava com os dedos sujos de glacê…

Colin Fischer tem 14 anos e tem a Síndrome de Asperger, uma forma mais branda do autismo, que possibilita a fala e convívio social, mesmo com algumas dificuldade, como no caso dele, que não suporta o toque e tem dificuldade de expressar e entender as emoções. Com dificuldades de interagir até com sua família, Colin desenvolve um dicionario das expressões, que nada mais é do que desenhos feitos a mão retratando as feições do rosto quando expressa determinado sentimento. Incrivelmente inteligente, leva tudo ao pé da letra, trazendo grandes confusões. Não consegue entender sarcasmo ou ironia, as coisas tem que ter lógicas. Ele é muito objetivo e adora investigações, é fã um grande fã de Sherlock Holmes. Certo dia uma arma é disparada no refeitório e Colin acredita que precisa desvendar o mistério de quem deu o tiro.

A culpa cai sobre Wayne, o valentão da escola, Colin desconfia que a arma não é dele e está disposto a descobrir de quem é e provar a inocência do garoto. devido sua inteligência ele consegue ver detalhes que escapam as outras pessoas e seu jeito metódico e imparcial o ajudam na investigarão. Mesmo sofrendo bullying no colégio ele não deixa que seus próprios problemas interfiram na sua investigação. Colin não se esforça para ser aceito em nenhum grupo, ele não se sente excluído e nem cria drama, ele apenas quer seguir sua rotina diária e ajudar a provar a inocência de Wayne, em nenhum momento o livro fica pesado, por abordar assuntos tão delicados. Pelo contrário é inteligente e engraçado, o que me chamou mais atenção é que mesmo com sua doença Colin é feliz. Do jeito metódico dele, porém feliz.

O livro é fininho, a história tem um desenrolar curioso porém a leitura tende a ficar cansativa por sua narrativa muito explicativa, cientifica, histórica e as vezes filosóficas, tendo vários trechos super interessantes e deixando muitas questões a se pensar. Várias notas de rodapé no decorrer do livro, principalmente explicando a visão do personagem. Já que ele tem dificuldades em reconhecer expressões. Ao término você provavelmente irá sentir falta de Colin e suas “esquisitices”. O livro deixa algo no ar... uma continuação ou mais alguma encrenca, com certeza 

Cintia Milanez

13 comentários

  1. Olá!

    Já tinha ouvido falar sobre esse livro e sua resenha me fez interessar ainda mais pela história do Colin! Vou ver se adiciono o livro na minha lista! haha

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No final das contas é uma leitura que vale a pena. ;D

      Excluir
  2. Oi, Cintia!
    Eu ainda não fiquei realmente curioso a ponto de iniciar a leitura deste livro. Tenho-o na estante, mas ainda não o li. Não sei quando o farei.
    Parece ser uma leitura diferente, mas não sei se me convenceria.
    Gostei de saber sua opinião. :)
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  3. Acho que é a primeira resenha que leio desse livro...
    Ou a primeira que me deixa com muita vontade de ler, mesmo você dizendo que é cansativa... porque adoro mesmo as partes filosóficas! rs...
    Bjs, Lu
    http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Parece ser um livro até legal, mas não estava muito afim de lê-lo, tanto que já deixei várias oportunidades passarem. Saber que o Colin é fã do Holmes deixou que eu ficasse um pouco mais curiosa.
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  5. Primeira resenha que leio do livro, gosto bastante do gênero... nem sabia do que se tratava o livro. Deve ser bastante interessante, só me desanimou essas informações sobre a narrativa ficar meio cientifica demais em alguns pontos.


    Beijos
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cintia!
    Esse livro parece ter uma história bem diferente... Ainda não li, mas estou sorteando um exemplar dele lá no blog.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha gente... Uma ótima oportunidade de participar e quem sabe levar o Colin pra casa. o/

      Excluir
  7. Olá, tudo bem?
    Adoro livros em que os personagens principais são meninos, ainda mais se são diferentes. É super interessante ver por essa ótica.
    Sempre li muitas críticas positivas sobre esse livro e quero lê-lo com certeza!
    Beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    Confesso que esse livro nunca chamou a minha atenção. Quem sabe eu não crio coragem?
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir
  9. Poxa...pelo início pareceu ser bom... mas livro arrastado, com muita explicação não me agrada....

    http://corujicesnomundo.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Cintia,
    Eu achei uma leitura bem proveitosa, foi bem rápida.
    O mistério deixou deixou ainda mais interessante, apesar dos meus palpites falhos haha

    Né, também achei que terá continuação.

    bjs e um ótimo domingo
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir

Gostou? Comenta!

 
Desenvolvido por Michelly Melo.