Páginas

Resenha: A Filha Do Louco - Megan Shepherd


Título: A Filha Do Louco
Autor: Megan Shepherd
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Especificações: 416 páginas
ISBN: 978-85-8163-154-7
Livro gentilmente cedido em parceira 
com a Editora Novo Conceito.



Sinopse: Juliet Moreau construiu sua vida em Londres trabalhando como arrumadeira — e tentando se esquecer do escândalo que arruinou sua reputação e a de sua mãe, afinal ninguém conseguira provar que seu pai, o Dr. Moreau, fora realmente o autor daquelas sinistras experiências envolvendo seres humanos e animais.

De qualquer forma, seu pai e sua mãe estavam mortos agora, portanto, os boatos e as intrigas da sociedade londrina não poderiam mais afetá-la... Mas, então, ela descobre que o Dr.Moreau continua vivo, exilado em uma remota ilha tropical e, provavelmente, fazendo suas trágicas experiências.

Acompanhada por Montgomery, o belo e jovem assistente do cirurgião, e Edward, um enigmático náufrago, Juliet viaja até a ilha para descobrir até onde são verdadeiras as acusações que apontam para sua família.

Inquieta, sufocada e curiosa, são essas três palavras que tenho para esse livro. Muito mais que um livro sombrio/ gótico, a filha do louco pode ser considerado um thriller de primeira qualidade, altamente sanguinário. (Like This!)

O que mais chamou minha atenção, foi como Megan Shepherd conseguiu descrever com pontualidade os personagens, suas ações e os respectivos locais. A tensão era uma constante na leitura, uma surpresa atrás da outra, sempre com esse plano de fundo sombrio. Como boa aspira historiadora, atentei para a imposição familiar na sociedade londrina, que de maneira ou outra acaba por nortear o enredo.

A premissa do livro gira em torno do Dr. Moreau e sua filha Juliet, que é a típica personagem intrigante, que mexe com seus sentimentos e pode te deixar com raiva ou feliz. Arrumadeira, órfã, Juliet é uma jovem inocente, com a típica  característica que adoro nos personagens de livros, determinação. Sinceramente, não gosto daquele clichê da jovem moça, pura e inocente. Juliet é o oposto disso. Apesar de sua fragilidade pessoal, ela consegue muito bem reverter as situações, principalmente as amorosas e as que dizem respeito sobre o sumiço do seu pai e a vida  de dama de companhia que sua mãe tinha após tornar-se viúva. Diante das circunstâncias da “suposta”  perda de seu pai e sua mãe, ela acaba por ser julgada pela sociedade, vivendo em um misto de olhares e comentários a respeito de ser “A filha do louco”. Indecisa, se  envolve no triangulo amoroso. O triangulo amoroso! 

A disposição que ela tem de tentar manter laços com o pai e tornar a relação possível é outro ponto em que a autora, provoca na gente várias possibilidades e suposições do que poderá acontecer, desenrolando os fatos de maneira surpreendente e arrebatadora.
De uma escrita fantástica, a filha do louco despertou em mim curiosidade e vontade de ler logo a continuação. Não vejo a hora de saber o que o enredo reserva para Juliet e sua enigmática e avassaladora vida. Quero pra ontem!

Até a próxima. 
Besos!

 Deh, nova colunista no Blog. Aspirante a Historiadora, Libriana, Backstreet Fan, Galaxy Defender, Rubro-Negra (do Sport Clube do Recife), Adora livros e Rock, mais também  é fã de Michael Jackson e quase tudo do mundo Pop. Girl Mac e Mayer Girl.

 ~ Tenho em mim todos os sonhos do mundo.




Deborah Roberta.


11 comentários

  1. Puxa, a sinopse me parece de um desses livros que nos deixam sem fôlego conforme vamos virando as páginas. Muito bacana!
    Beijo!

    www.diarioquaseescritora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. não é um dos títulos da Editora que mais me atrai
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Esse estilo de livro não me atrai, mas acho que pela sinopse parece uma grande novela hahuahuahu
    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nem imaginava que era um thriller
    E agora assim fiquei bem interessada.
    A capa não passa muita coisa e por ela não leria.

    E ainda em Londres ♥

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  5. Já tinha visto comentarios positivos sobre o livro, mais a sua resenha me despertou mais curiosidade ainda. Se tiver a oportunidade irei ler.
    Brubs
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Não pensaria em comprar por causa do título. Mas agora que vi a resenha gostei.

    www.corujicesnomundo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Não sei se compraria. Não gostei muito da capa e pra ser sincera a sinopse não chamou muito a minha atenção. Mas gostei da sua resenha, talvez eu até compre.. não sei.
    Passando para agradecer a visita.
    Bruna Marie - WTF.

    ResponderExcluir
  8. Já tenho esse livro, mas não sabia que tinha uma continuação
    Gostei bastante da dica e me parece ser um livro muito bom

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro a capa desse livro, acho linda <3.
    A história é diferente do que costumo ler, mas parece ser bastante interessante, porém não me animei muito sabendo que terá continuação.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Esta é a segunda resenha desse livro que leio hoje. Ele realmente está me deixando curioso.
    Todas o elogiam. Acredito realmente que seja um bom livro. Mas não irei com muita sede ao pote. Há chances de que ainda me decepcione. Hehe
    Gostei de saber sua opinião. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Deh!
    Eu já tenho esse livro e quero muito ler. A história é bem do tipo que eu curto!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir

Gostou? Comenta!

 
Desenvolvido por Michelly Melo.