Páginas

Resenha: Ladrão de Almas - Alma Katsu


Título: Ladrão de Almas

Autora: Alma Katsu
ISBN: 9788581630373
Editora: Novo Conceito
Páginas: 430

Livro gentilmente cedido em parceira 
com a Editora Novo Conceito.


Começo logo dizendo que esse livro não se trata de vampiros, nem nenhum ser do nosso imaginário, mesmo tratando-se de imortalidade. O livro conta a historia de Lanore ou para os íntimos Lanny, uma alma que se torna imortal, e mesmo após viver tanto sofre com o amor, que pra sua maldição também é imortal. 

Esse é o primeiro livro da trilogia Taker escrita por Alma Katsu. O livro é atemporal, ora estamos nos dias atuais, e em seguida viajamos ao século 19, porem é feito de forma bem construída, de inicio conhecemos Luke um dos narradores da historia, uma rapaz solitário que enfrenta a morte recente dos pais, o que lhe traz de volta a cidade onde nascera, e o abandono de sua mulher e duas filhas, meio que vivendo um dia após o outro, tem o seu plantão que é geralmente calmo na cidade St. Andrew pela chegada de uma suspeita de homicídio, a heroína da nossa historia que de longe é uma é uma tola e inocente como se é de costume em romances, lanore tem personalidade forte, pronta da enfrentar tudo o que possa acontecer, e tem uma eternidade de experiência na vida, obvio que essa mulher causou em Luke uma certa curiosidade quando ela começa a lhe contar o porque de estar ali, e lhe pedir ajuda, confessar o assassinato,  amedronta ao mostrar que seu corpo não pode ser ferido, o deixando ainda mais intrigado. 

Luke que é muito certinho talvez até ele seja a mocinha da historia, mesmo com todos esses ingredientes e indo de encontro a sua personalidade resolve ajudar a jovem a fugir da prisão.  Dando inicio a aventura que esse livro nos traz, primeiro ela conta como era sua vida no sec. 19 e como naquela época a vida era difícil para uma menina, e ainda pobre do campo como ela era, St. Andrew era uma cidade dominada pelo homem mais poderoso da cidade que leva o seu nome, a sobrevivência da pequena cidade era obtida através da família de St. Andrew, pai de Jonathan que é descrito por todos que o viram como homem mais lindo do mundo, capaz de despertar desejos incontroláveis as mulheres que por ela passava e ciúme dos homens, que viam suas esposas, filhas, irmãs suspirando apenas em vê-lo.  Jonathan por si só tem sua beleza intensa a seu favor, não se engane ao achar que ele o grande amor da incrível lanny, faz juz a personagens, exatamente por essa beleza toda, é um dos personagens mais frágeis, e sem atitudes, e egoísta de todos, não consegue dar a nenhuma mulher e foram varias a lealdade devida, e sempre recorreu a lanny pra se safar das encrencas que arrumava. 

Talvez essa seja  a maior maldição da própria, passar por cima de seu orgulho para não o ver em encrencas. a historia fica difícil de largar, Adair o grande personagem da historia a acolhe após ela ter fugido da embarcação e ficar perdida nas grandes ruas da cidade de Boston, pra sorte ou azar dela.  Adair é um ser enigmático, cheio de mistérios, um personagem que é difícil de amar ou odiar logo de cara, ele nos divide, e nunca é um só, um momento se mostra bom, já em outro o pior carrasco que alguém pode encontrar, desse mesmo modo se vê Lanny, mesmo muito nova já tinha faíscas de uma personalidade forte, ousada, e decisiva, teve o primeiro beijo com Jonathan roubado quando ainda era criança, talvez por isso você se apaixone por ela, e chorar junto também, como na própria capa do livro diz  que “ o amor verdadeiro pode durar a eternidade, mas a imortalidade tem um preço” 

O Ladrão de Almas é quase um Romance/Suspense que você fica morrendo querendo saber o que vai acontecer. Não da pra contar muito por que seria spoiler atrás de spoiler, mas é um livro que vale muito a pena, sem dúvidas. Como disse logo de inicio a historia é muito bem construída com direito a traição, morte, imortalidade, duvidas, sofrimentos, mistérios, enfim, tudo o que fica bom numa trama, apesar uma das coisas que me espantou foi o fato da autora te prender o livro inteiro e  brilhante o fato de ela te dar a oportunidade de decidir se continua a ler a os outros livros ou não. Com um desfecho completo, claro que existe muito pano na manga, mas ela meio que te da à escolha de parar no primeiro, bem como na historia que é feita baseada nas escolhas da heroína. 



Dan Moraes
Mais novo colunista do Blog. 
Designer Gráfico por formação, Fighter assumido... Sim louco pela Xtina,amante de artes em geral em especial as palpavéis e visuais, cinéfilo maluco/doente, amante de livros, séries, música,
Segue ai: @eudanmoraes

10 comentários

  1. Oie, bela resenha!
    Eu li esse livro faz um tempo, logo quando recebi de cortesia da editora e não me recordo muito bem da história, só sei que foi uma leitura agradável e rápida, porém não foi algo que me prendeu, que me fez ficr fissurada pela trilogia, não é a toa que estou com o 2º livro e até não li :x
    Brubs-Livros de Cabeceira
    contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Já tinha visto esse livro por aí, mas ainda não tinha parado pra ler nenhuma resenha. A gente se engana com os títulos, né?! Não é nada do que eu imaginava, mas acho que não leria, não me chamou muito a atenção.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  3. Eu quero muito ler esse livro, vi várias resenhas falando bem dele. E é ótimo quando o livro de uma série possui um "final", assim você não precisa ficar esperando ansiosamente pelo o próximo volume. A capa é maravilhosa!

    contoscomfalhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu tinha esse livro aqui, tinha ganhado em uma promoção, mas aí descobri que ele não fazia muito o meu estilo e troquei no skoob por Hollywood é como a escola. Não me interesso muito por ele, rsrs.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho esse livro aqui em casa...
    Comprei porque achei a capa linda e até hoje não li (...)
    Esse ano leio! hahaha
    Beijinhos,
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
  6. Logo que este livro chegou aqui pra mim (há um booom tempo), eu meio que tava bem empolgada pra ler, depois foram chegando outros e este acabou ficando de lado...adoro a capa e ainda pretendo ler.

    Beijo, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Nossa, esse livro é muito difícil de resenhar! Por ser tão completo e cheio de mistérios e aventuras, fica difícil escolher o que falar, pois temos que chamar a atenção do leitor, sem sair contando tudo. E os personagens são bem complexos e profundos. Todos tem uma historia interessante para contar e que complementa a estória, mas Lanny e completamente louca e obcecada por Jonathan ao ponto de passar por cima de tudo e de todos para conseguir o que quer, enquanto Jonathan é um menino mimado e egoísta, que não tem lealdade com ninguém. Mas isso só faz com que a estória se enriqueça mais.

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Acho essa foi a MELHOR resenha que eu já li desse livro. A única que realmente me empolgou para começar a ler essa trama.
    Gostei de saber que o livro é tão rico, que não é só um romance qualquer. Curti!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  9. Os personagens são bem complexos e profundos. Todos tem uma historia interessante para contar e que complementa a estória, mas Lanny e completamente louca e obcecada por Jonathan ao ponto de passar por cima de tudo e de todos para conseguir o que quer, enquanto Jonathan é um menino mimado e egoísta, que não tem lealdade com ninguém. Mas isso só faz com que a estória se enriqueça mais.

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Tenho curiosidade de ler
    Minha prima que leu ele e curtiu bastante
    E confesso que eu achava que era algo de vampiros hahaha

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir

Gostou? Comenta!

 
Desenvolvido por Michelly Melo.