Páginas

Resenha: Garotas de Vidro - Laurie Halse Andreson

Titulo: Garotas de Vidro
Autor: Laurie Halse Anderson
Editora: Novo Conceito
Número de paginas: 272
Cedido em parceria com a Editora Novo Conceito

Sinopse: Lia e Cassie são amigas há anos, ambas congeladas em seus corpos. No entanto, em uma manhã, Lia acorda com a notícia de que Cassie está morta, e as circunstâncias de sua morte ainda são um mistério. Não bastasse isso, Cassie tentara falar com Lia momentos antes, para pedir ajuda. Lia tem de lidar com o pai, que é um renomado escritor, sua madrasta e a mãe, uma cardiologista que vive ocupada, salvando a vida dos outros. Contudo, seu maior tormento é a voz dentro de si mesma, que não a deixa se esquecer de manter o controle, continuar forte e perder mais, sempre perder mais, e pesar menos. Bem menos.
Tudo começou quando Lia e Cassie fizeram uma aposta,  seriam as garotas mais magras da escola, uma seria ainda mais magra que a outra, era isso o que elas queriam, era o que mais almejavam... Apó uma briga a duas passam meses sem se falar, até que numa noite Casse liga 33 vezes para Lia, porém a mesma não atende o celular. Depois vem a notícia Lia descobre que Cassie está morta.  Lia volta a cair num abismo de tortura e autoflagelo, e o fato de saber que Cassie a ligou trinta e três vezes naquela noite a tormenta, ela não consegue deixar de pensar ‘e se tivesse atendido umas das ligações, teria salvado Cassie?’ E no meio de toda essa obsessão Lia ainda tem pesadelos, onde a garota a culpa por sua morte, Cassie queria, precisava de ajuda e Lia não fez nada...

Se você tem estômago fraco nem pense em chegar perto desse livro. O livro é em primeira pessoa, o que foi bem legal já que isso nos ajuda a entender um pouco mais tudo que se passa na cabeça de Lia e acaba mexendo bastante com a gente, devido aos pensamentos e tristezas da protagonista.Lembrei muito da protagonista do livro Estilhaça-me, da forma que ela falava frágil e ao mesmo tempo forte, pois são tantas coisas desmoronando na cabeça de Lia e mesmo assim ela tenta ficar de pé, Claro que ela tem seus momentos de fraqueza e são esses momentos que ela provoca vômitos e cortes na pele. A narrativa flui de maneira rápida e interessante de ler, e os personagens são muito bem construídos. É o tipo de livro que não tem como fazer uma resenha muito completa, pois o pouco que for falado poderá revelar muito da história. A autora consegue prender o leitor até a última página com uma narrativa envolvente que, por diversas vezes você quer entrar no livro e ajudar Lia.

Lia vê a magreza como um sonho, um objetivo de vida, seu maior medo é ganhar peso e faz de tudo para que isso não aconteça. Ela conta as calorias de tudo que come, calcula a quantidade de água que bebe por dia. Quando ingeri algum alimento, faz exercícios e toma laxantes. Os pais tentam ajudar, na frente deles mente, esconde a comida, apenas a irmã mais nova Emma consegue entrar no coração de Lia e por diversas vezes consegue com sua doçura dissolver o gelo que Lia desenvolve ao seu redor, mais chega a um certo ponto que não é suficiente e Lia torna a cair.

Em 272 paginas percebemos o que as escolas vem mostrando há anos, como esse mundo é perigoso, e que uma vez dentro você pode nunca mais voltar. Durante o livro podemos ver relatos de algumas garotas que sofre o mesmo problema que Lia. Laurie mostrou também, que a maioria dessas garotas sabe que está doente, mas sozinha não consegue reagir, pudemos ver como é difícil conviver com as vítimas de distúrbios alimentares. Tenho a prova em casa, minha Tia sofreu de distúrbios alimentares e ocasionou outros problemas mais graves, hoje ela está bem melhor porem ainda trava uma batalha com remédios, nutricionista e outros especialistas para não cair nesse abismo, tendo como apoio incondicional da Família.

Uma ótima Leitura, Vale a pena!




10 comentários

  1. Infelizmente eu não consegui ainda ler este livro, tenho ele há um tempão aqui em casa, vou fazer um esforço para que seja o próximo da NC que vou pegar pra ler, tenho certeza de que vou gostar.

    Van - Blog do Balaio

    ResponderExcluir
  2. Também recebi esse livro da N.C e adoreii! Um livro forte, sim, mas muito bom e que alerta para uma realidade crescente no nosso país e no mundo.Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  3. Ah desde de quando lançou esse livro fiquei com vontade de ler,mas o tempo foi passando e acabei que não li :( ! Mas ainda não perdi as esperanças,acho que é um livro com uma estória muito delicada e que infelizmente muitas pessoas sofrem desse mal! Gostaria muito de ler!

    ResponderExcluir
  4. tô tão apaixonada por historias fortes e suspenses que esse com toda certeza vai entrar na minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  5. Faz um tempo arretado q quero ler esse livro e até agora nd!!Parece ser MTO bom!!

    ResponderExcluir
  6. que tenso esse livro o.O será que eu consigo ler? kkkkkk

    ResponderExcluir
  7. eu to LOUCA por esse livro, parece incrivelmente bom, não vejo a hora de le-lo!

    ResponderExcluir
  8. Eu quero muito ler esse livro. Já vi muita gente chocada com ele, mas acho que é fundamental surgir um livro como esse para que certos assuntos deixem de ser tabus. Até tenho estômago fraco, mas ainda assim quero ler e debater esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eh forte, mais é um assunto que não da pra ser ignorado.

      Excluir
  9. Chorei muito no final! Achei que faltou um pouco de romance.

    ResponderExcluir

Gostou? Comenta!

 
Desenvolvido por Michelly Melo.