Páginas

Melhores momentos do Festival SWU

Terminou na madrugada de segunda para terça, dia 12, ao som do DJ Tïesto, a maratona de três dias do SWU Music and Arts Festival, em Itu, interior de São Paulo. Foram 74 atrações que tocaram para 150 mil pessoas que passaram pela Fazenda Maeda. Um dos festivais que entraram para a história do Brasil carente de um bom Festival já que estavamos de Abistinênica do Rock in Rio, que volta ao Brasil ano que vem.


A abertura do evento, no sábado, dia 9, teve programação variada, com maior aposta no rock. Pela primeira vez no país, o Rage Against The Machine encerrou a noite como um dos shows mais aguardados e conseguiu levantar o público, apesar dos problemas que enfrentou com o som e teve seu show interrompido também pela queda da grade de proteção. Destaque também para o show do encontro do Los Hermanos. O primeiro da mini Turnê da Banda o proximo é esse final de semana, 15 de outubro em Recife - \o/ #Anciosa -




O segundo dia teve Dave Matthews Band e Kings of Leon como shows principais, mas nenhum dos dois conseguiu levantar muito o público. O destaque ficou com a elegância de Joss Stone e até Jota Quest e Capital Inicial, que tinham fãs fieis na plateia.

A terceira e última noite ficou dedicada ao som mais pesado, como Avenged Sevenfold, Cavalera Conspiracy – dos irmãs Igor e Max Cavalera, e que estreou ao vivo no Brasil , Queens Of The Stone Age e a última banda do evento, Linkin Park, embora as críticas da mídia os Fãs estão SATISFEITISSIMOS com o Show da banda que veio ao Brasil após o CD novinho, o grupo californiano abriu a noite com as primeiras faixas do novo registro: The Requiem e The Radiance, além de Wretches and Kings, também de A Thousand Suns, lançado em setembro deste ano. Do último disco para o primeiro, o show prosseguiu com Papercut, do Hybrid Theory, de 2000. Given Up, New Divide deram sequência à apresentação.




Numb, logo atrás, Breaking The Habit levou o público. Principalmente quando Bennington desceu do palco, foi à grade e cantou o último refrão literalmente nos braços dos fãs. Outra carta na manga foi a colocação de duas bandeiras brasileiras personalizadas para dar uma bajulada.  - ADOROO -


A mídia bem que tenta... Mais não ADIANTA, dizendo que o Show foi morno, que a set list não foi uma das melhores, que uasaram Playback - WHAT? - Porém não adianta os Fãs não param de falar do show da banda, realmente há de se admitir que a voz de Chester não estava tão legal, o cantor passou mau no show que a banda fez no Chile, não recuperado da pra perceber na faixa Given Up sua voz dando uma "balançada" mais LINKIN PARK é LINKIN PARK eu só tenho que lamentar por não poder ir ao Festival e morrer de pedir aos CÉUS que eles voltem o mais RÁPIDO possível ao Brasil.

Xintia Milanez
 
Desenvolvido por Michelly Melo.